3

Humor Negro- Negros Brasileiros em Extinção

Impressionante como já quase não existem negros no Brasil, a maioria deles deram lugar aos moreninhos, escurinhos, cor de jambo, queimadinhos de sol, dentre outras variações desprezíveis (e bizarras) que as pessoas insistem em usar somente para não falar(ou assumir ,sei lá) que são Negras . Qual a dificuldade que essas pessoas sentem em assumir que são negras? O que há de errado em ser negro? Se ainda vivêssemos na época da escravidão eu até entenderia esse tipo de atitude; tipo:




-Ououou....escravo o quê brother? Tá maluco? Não tá vendo que eu sou moreno jambo !Mas poxa, ser negro no Brasil hoje em dia deveria ser motivo de orgulho, orgulho de um povo que lutou bravamente por seus direitos, pela inclusão social mesmo depois de ter sido humilhado por muito tempo, ao invés disso, as pessoas usam de preconceito besta (e burro).

Como se já não bastasse ouvir que “ a coisa ficou preta!” ,” ou  “é um preto de alma branca”, ou ainda ”Fez um serviço de preto!”, e outras versões equivalentes; vemos agora um preconceito ás avessas quando o próprio negro se discrimina. Ou discrimina o branco. Conheço famílias negras que não aprovam relacionamentos de seus filhos com brancos por acreditar que a pessoa negra será diminuída,inferiorizada .Puro preconceito!Como assim?Todos os brancos são preconceituosos?Generalizar é que é ignorância.

Seguindo essa linha,temos na Bahia outras manifestações homofóbicas , como grupos folclóricos e musicais que não admitem brancos como componentes(O Ilê Aiê,por exemplo). A Bahia é o estado brasileiro com o maior números de negros declarados. Um puta orgulho!Se não fosse o lado vingativo que gera a exclusão.

É realmente tão difícil analisar uma pessoa pelo que ela é,pelo que ela representa e faz para você sem um julgamento ligado a cor da pele ou ao tipo de cabelo ?Sem querer demonstrar preconceito, mas parece coisa de gente desprovida de inteligência.

A humanidade está longe, bem longe de reunir smurfs, panteras, shreks e afins sem polêmica e constrangimento para algum grupo .Mas se não fizermos nossa parte ficará cada vez mais difícil. Lei áurea , lei do sexagenário, lei do ventre livre... só falta a lei da mente livre.

3 comentários:

Yoshi disse...

O problema não é ser negro. O problema real é ser apelidado de pretinho, carvão, neguinho e tantos outros. Mas negro é o que a pessoa é, não dá pra nega ou considerar isso um preconceito.

Nany disse...

fala aí, pow gostei muito do blog!!!
me aceita!!
Já até falei com meus amigos para acessarem.
Um big abraço!!!

beatriz disse...

acho essa coisa de preconseito uma besteira,mas os proprios negos tem preconseito contra sua raça eles falam que naum são ´´negros`` e sim morenos

Postar um comentário